Entenda um pouco mais sobre o petróleo no Brasil.

Antes de tudo, desde a criação da Petrobrás por Getúlio Vargas em 1952 até o seu atual processo de privatização, muita coisa mudou no que tange as tecnologias que envolvem o petróleo.

Certamente você já ouviu que o petróleo brasileiro não é de qualidade. Mas o que isso significa?

Dentro deste artigo você vai entender como funciona o processo de prospecção do petróleo, entender os tipos e funções de cada tipo e um pouco sobre métodos de extração.

O que define o petróleo?

Se você ainda não sabe, o Petróleo é um combustível fóssil que corresponde a uma substância oleosa cuja densidade pode ser maior ou inferior ao da água.

É originado a partir da decomposição de matéria orgânica, especialmente, dos plânctons. As bactérias em ambientes com baixo teor de oxigênio realizam a atividade de decomposição que acaba por se acumular em camadas do subsolo que se encontram em bacias sedimentares, no assoalho oceânico, no fundo dos mares ou de lagos e sob condições específicas de pressão.

Primórdios do petróleo brasileiro

Por mais que achemos que esse valioso bem tenha sido explorado somente a partir do século XX, nos enganamos. Existem relatos de povos egípcios utilizando-o para embalsamar corpos, e de povos colombianos utilizando pioneiramente na pavimentação de estradas.

No Brasil em 1930, após diversos relatos de moradores do bairro do Lobato, em Salvador, de que utilizavam uma ‘’lama preta’’ para acender lamparinas, o engenheiro Manoel Inácio Basto iniciou suas pesquisas na localidade.

Contudo, apenas em 1932, Manoel conseguiu enviar um laudo para o presidente Vargas de que ali havia petróleo.

O escritor do petróleo

Um dos grandes entusiastas do petróleo no Brasil foi o escritor Monteiro Lobato, escrevendo um livro Infantil chamado ‘’O poço do visconde’’. Sua publicação sofreu críticas na época, visto que o livro afirma que havia petróleo no Brasil enquanto que os técnicos do governo federal diziam que o Brasil não tinha nem poderia ter petróleo, apesar das descobertas em São Paulo e Alagoas. “As afirmativas de Visconde não passavam de heresia”.


Capa do livro “O poço do visconde”

A nacionalização

Em 1938, a discussão sobre o uso e a exploração dos recursos do subsolo brasileiro deu início a criação do CNP – Conselho Nacional do Petróleo. Em suas primeiras ações, o conselho determinou várias diretrizes com respeito ao petróleo e determinou que as jazidas pertencessem à União. No ano seguinte, o primeiro poço de petróleo foi encontrado no bairro de Lobato.

Após um projeto do então presidente Eurico Gaspar Dutra, de privatizar e vender toda a extração e refino para a Standart Oil, Uma forte campanha anti-imperialista chamada de ‘’O petróleo é nosso’’ espalhou-se pelo Brasil, que culminou na criação da ‘’Petróleo Brasileiro S.A.’’ mais conhecida como Petrobras.

Cartaz da campanha “O petróleo é nosso”.

Tipos de petróleo que o Brasil possui

Agora que você conheceu um pouco da história do petróleo no Brasil, que tal conhecer quais são os seus tipos?

Com os derivados do petróleo, podemos abastecer um veículo ou fabricar uma embalagem plástica. Mas é claro que os tipos de petróleo variam para cada finalidade. A densidade do petróleo é medida em grau API, escala arbitrária criada pelo instituto de petróleo americano, Petróleos com grau API maior que 30 são considerados leves; entre 22 e 30 graus API, são médios; abaixo de 22 graus API, são pesados; com grau API igual ou inferior a 10, são petróleos extra-pesados. Quanto maior o grau API, maior o valor do petróleo no mercado.

Petróleos em outros países

Mas e quanto ao petróleo nos outros países?

Então, as enormes reservas de petróleo encontram-se ligeiramente próximas às do nosso país, como às da Venezuela.

Contudo, o petróleo venezuelano possui um grau API menor que 10, considerado pesado e ácido, além de afundar na água.

Outros países como os Estados Unidos, possuem reservas de um petróleo mais leve e doce, como os de excelente qualidade encontrados na região do sul da California.

Extração de petróleo no sul da Califórnia no início do século XX

Tipos de bacias petrolíferas e suas extrações

Durante o processo de constituição das bacias sedimentares, muitos corpos ou restos de animais mortos e materiais orgânicos foram “enterrados” pelos sedimentos que foram depositados no fundo dos oceanos. Assim, dependendo das condições de temperatura e pressão, parte dos restos desses materiais foi conservada, dando origem aos fósseis. No entanto, quando a pressão e as temperaturas (geralmente influenciadas pelo aquecimento provocado pelas camadas mais baixas da Terra) são elevadas, a tendência é que esses restos orgânicos passem pelo processo de litificação (tornam-se líquidos). Dessa forma, conforme as condições de armazenamento, esse material acumula-se e transforma-se em petróleo.

Produção offshore

A produção de petróleo em escala industrial pode ocorrer de dois modos, em terra (onshore) ou no mar (offshore) Na produção offshore, plataformas em alto mar são fixadas, ou com tubos de aço de construção naval ou com ancoradas com cabos de aço. Equipamentos submarinos, são utilizados para trazer o petróleo dos poços no solo marítimo, que são perfurados até alcançar os reservatórios em até alguns quilômetros de profundidade, até as plataformas.

Depois que é realizada a extração do petróleo pelos poços de produção offshore, ele é armazenado na unidade de produção e então transportado em larga escala. Isto é feito através de oleodutos, que são tubos submarinos que transportam o óleo cru produzido, interligando as plataformas com terminais e estes entre si e as refinarias. Grandes navios-tanques, conhecidos como petroleiros, também realizam esse transporte


Conclusão

Neste artigo, aprendemos um pouco sobre a história do petróleo brasileiro, entendemos porque a Petrobrás foi criada e conhecemos o tipos de petróleo que produzimos. Além de entender como ele se forma e como pode ser extraído.

Gostou do artigo?

Se tiver qualquer outra dúvida, não esqueça de entrar em contato conosco pelo número 71 9999-1917.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *