Cominuição de minérios

Você sabe o que cominuição? Sabia que esta é uma etapa importante na mineração?

Acompanhe-nos neste artigo e conheça um pouco sobre esse processo de tratamento de minérios e seus métodos de realização.

O que é cominuição?

Cominuição é o processo de fragmentação de um material para reduzi-lo a partículas menores ou mais finas.  Este processo reduz o tamanho das partículas quebrando, esmagando ou moendo minério, rocha, carvão, entre outros materiais.

A cominuição é mais utilizada na área de mineração e é um componente crítico de muitos fluxogramas de processamento de minerais ao separar os metais preciosos do estéril, antes de prosseguir para o processamento mineral.

Cominuição na indústria mineral

Na indústria de processamento mineral, a cominuição é um método de tratamento físico que envolve moagem e quebra do minério.

Esses métodos mecânicos aumentam a área de superfície acessível do minério e seus materiais preciosos por meio da redução e distribuição do tamanho das partículas.

Esta é uma parte crucial da maioria dos fluxogramas de processamento mineral e serve a vários propósitos, incluindo:

Separação: aumentando a área de superfície disponível para reações químicas;

Liberação: liberando minerais valiosos que estão dentro do minério residual;

Concentração: produzindo um tamanho de partícula para atender às especificações do produto para a sua utilização.

Salienta-se que, durante este processo, o objetivo é conservar a massa, classificar os minerais por graus e coletar os diferentes minerais em suas concentrações específicas.

A cominuição é essencial para o beneficiamento mineral ao formar componentes minerais em elementos que usam o menor consumo de energia (incluindo tratamentos térmicos, físicos e químicos).

Técnicas de Cominuição

Existem vários métodos de cominuição para o processamento mineral. A britagem e a moagem são processos comuns de cominuição, onde o principal objetivo é a liberação e redução do tamanho do minério.

Britagem

A britagem pode ser definida como o conjunto de operações de fragmentação de blocos de minérios vindos da mina, levando-os a uma granulometria compatível para utilização direta ou para posterior processamento.

A britagem é um estágio que utiliza, equipamentos apropriados para a redução de tamanhos convenientes, ou para a liberação de minerais valiosos de seu estéril.

Britador de Mandíbulas: é o equipamento utilizado para fazer a britagem primária de blocos de minério de dimensões e dureza elevadas, e com grandes variações de tamanho na alimentação. Ele é composto por uma mandíbula fixa, e uma móvel que se aproxima e afasta, fragmentando o bloco de material.

Uma imagem contendo edifício, barco, trem, cerca

Descrição gerada automaticamente
Britador Giratório. Fonte: Reprodução
  • Britador Giratório: é utilizado na britagem primária quando existe uma grande quantidade de material a ser fragmentado, sendo mais operacional do que o britador de mandíbula, pois pode ser alimentado por qualquer lado. O britador giratório funciona com o movimento de aproximação e distanciamento do cone central em relação à carcaça invertida, quebrando o minério.
  • Britador de Impacto: neste tipo de britador, a fragmentação é feita pelo impacto por meio do movimento das barras sobre as placas fixas de impacto, acarretando a fragmentação.
  • Britador de Rolo Dentado: consiste em um rolo dentado móvel e uma carcaça fixa; o movimento giratório do rolo provoca a compressão e cisalhamento do material entre os dentes e a placa fixa. Este possui um grande desgaste dos dentes, limitando o seu uso a rochas de fácil fragmentação.
Uma imagem contendo ao ar livre, mesa, comida, homem

Descrição gerada automaticamente
Britador Cônico. Fonte: Reprodução
  • Britador Cônico: possui o mesmo princípio de operação do britador giratório. Porém, no cônico, o manto e o cone apresentam longas superfícies paralelas para garantir um tempo longo de retenção das partículas nessa região, assegurando uma fragmentação maior a rocha.
  • Britador de Rolos: consiste em dois rolos de aço girando na mesma velocidade, em sentidos contrários. sua alimentação é feita, lançando-se os blocos de minério entre os rolos onde ocorre a fragmentação dos blocos.
Uma imagem contendo caminhão, barco, estacionado, mesa

Descrição gerada automaticamente
Britador de Impacto Vertical (VSI). Fonte: Reprodução
  • Britador de Impacto Vertical: é um equipamento capaz de produzir modificações nas partículas, dando-lhes formato cúbico ou arredondado. Essa forma das partículas é atribuída aos mecanismos que ocorrem no rotor e na câmara de britagem do equipamento.

Moagem

A moagem é o estágio final do processo de cominuição, onde as partículas são reduzidas, pela combinação de impacto, compressão, abrasão e atrito, a um tamanho adequado para a concentração do minério. Cada minério tem um tipo ideal de moinho para ser utilizado, dependendo de muitos fatores, como a distribuição do mineral útil no estéril, e o processo de separação que vai ser usado em seguida. 

Uma imagem contendo motor

Descrição gerada automaticamente
Moinho Cilíndrico de Bolas. Fonte: Reprodução
  • Moinho de Bolas: estes moinhos são constituídos de uma carcaça cilíndrica de ferro, revestida internamente com placas de aço ou borracha, que gira sobre mancais e contém, no interior, bolas de ferro ou aço. As bolas giram em torno delas mesmas e produzem uma fragmentação por compressão.
  • Moinho de Barras: são moinhos cilíndricos, que utilizam barras em seu interior, podendo ser considerados máquinas de britagem fina ou de moagem grossa.

Espero que tenha aprendido mais um pouco sobre cominuição, acompanhe o nosso blog e saiba mais sobre mineração. E é claro, em caso de dúvidas não deixe de entrar em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *