Equipamentos, tipos e a importância de sua manutenção

Nos dias atuais, onde o mundo está cada vez mais mecanizado, vemos ou lidamos constantemente com equipamentos em diversos setores da sociedade. Você sabe quais tipos de manutenções devem ser feitas e o que se trata cada uma? Neste artigo você sairá compreendendo a fundo os tipos de manutenção em equipamentos, assim como sua importância.

O que é a manutenção de equipamentos? E sua importância

O termo manutenção é definido como o conjunto de ações feitas para manter as condições de um determinado equipamento e o seu respectivo desempenho sempre no auge de sua performance, isso influencia diretamente nos resultados alcançados pela empresa que irá utilizar aquele equipamento, já que sua produtividade irá girar em torno do funcionamento mais eficaz possível de suas máquinas.

Como já foi dito no parágrafo anterior uma das vantagens de uma manutenção correta é o aumento da produtividade a longo prazo, mas o ponto mais importante é sem sombra de dúvidas o quesito segurança. Uma empresa que utiliza diversos equipamentos sem realizar a devida manutenção dos mesmos, está sujeita a ocorrência de acidentes graves, o que acarretaria em afastamento de colaboradores e até mesmo a interrupção das atividades, afetando a lucratividade da empresa. Outro problema que a falta de manutenção causaria é a quebra de equipamentos, que aumentaria mais ainda os custos com maquinário por parte da empresa. 

Manutenção: Entenda Todos Os Seus Tipos E Como Funcionam!
Operador de maquinas. Fonte: reprodução

Tipos de Manutenção

Agora iremos nos aprofundar nos tipos de manutenções que são aplicadas a equipamentos, sendo elas a manutenção preventiva, corretiva, preditiva, prescritiva e detectiva.

  • Manutenção Preventiva 

Nessa manutenção o objetivo é diminuir as chances de que ocorram falhas futuras, assim dificultando o surgimento de problemas e diminuído a necessidade de manutenções corretivas. A mesma deve possuir uma periodicidade para ser feita, portanto deverão ser estabelecidos prazos. Dentro da preventiva temos a preventiva baseada no uso, que é conceituada na quantidade de vezes que aquele equipamento foi utilizado e, portanto, precisará de manutenção. A outra é a preventiva baseada no tempo, que como o próprio nome já diz será baseada no tempo de uso do equipamento.

  • Manutenção Corretiva

Esse tipo de manutenção ocorre assim que temos a detecção de um defeito em uma máquina/equipamento, traz como objetivo a volta do equipamento ao funcionamento normal, assim que é detectado uma falha, entra em ação a manutenção corretiva, visando corrigir, recuperar e restaurar a funcionalidade do determinado equipamento. Nesse caso temos a corretiva planejada ou não, que irá depender do plano de manutenção. Na correção não planejada podemos ter um custo maior do que na planejada, pois não sabemos o momento em que será necessária, podendo ser pego de surpresa de modo a fazer com que a produção pare por um período maior de tempo.

  • Manutenção Preditiva

Aqui teremos uma manutenção que consiste na previsão de falhas e defeitos, através de monitoramento de indicadores e parâmetros de operação, esse tipo de manutenção surgiu graças ao advento do avanço tecnológico que nos permite prever a maioria das possíveis falhas que venham a ocorrer em um equipamento. A grande vantagem de se saber quando um equipamento irá falhar é a questão da preparação para essa falha, o que otimiza a produtividade, além de diminuir as despesas. 

  • Manutenção Prescritiva

Essa manutenção possui certa semelhança com a preditiva. Enquanto na preditiva é utilizado dados na busca de possíveis falhas futuras, a prescritiva vai nos guiar para uma escolha de caminho a ser seguido independentemente da existência de falhas, simplificando, ela vai nos dar recomendações de possíveis melhorias para o funcionamento do equipamento, mesmo sem a previsão de futuros defeitos.

  • Manutenção Detectiva

 Tipo de manutenção muito utilizada para detecção de falhas ou defeitos que não estão imperceptíveis a equipe de manutenção, é um tipo bem vantajoso já que permite antever o problema e já ter uma preparação para solucionar o ocorrido, evitando que a produção seja interrompida. A fim de detectar as falhas, são feitos os Testes de Detecção de Falhas (TDF) que são muito importantes para encontrar as possíveis falhas. 

Como fazer a escolha do tipo de manutenção?

Devemos não só entender o sobre os tipos de manutenção, mas também qual escolher para aplicar, e para isso levamos em conta alguns pontos:

  • Criticidade: Se a interrupção do equipamento terá um grande impacto para a empresa ou serviço.
  • Vida Útil: Em casos de equipamentos que tenham vida útil curta, os tipos de manutenções serão diferentes daquelas de equipamentos mais duradouros. 
  • Orçamento: Aqui vai bem de acordo com o quanto a empresa pode gastar com manutenção.
  • Frequência: Diz respeito a periodicidade em que a manutenção precisa ser feita.

 Segue uma tabela para orientar na escolha do tipo de manutenção:

Tabela de manutenção. Fonte: reprodução

Então, no artigo de hoje entendemos a importância da manutenção preventiva, e também tipos de manutenção que podemos aplicar em maquinas. Você já sabia dessas informações sobre tipos de equipamento ou tem algo que gostaria de saber? Compartilhe sua opinião conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *