CBRR: A COMISSÃO BRASILEIRA DE RECURSOS E RESERVAS

O QUE É A CBRR?

Como é de se esperar, CBRR é apenas uma sigla e ela representa a Comissão Brasileira de Recursos e Reservas. Essa comissão é uma organização privada sem fins lucrativos que estabelece, promove e gerencia esforços a fim de fomentar e desenvolver o setor mineral brasileiro. Por isso, sua função é de:

  • Funcionar como Entidade Nacional de Relato, fornecer padrões, recomendações e diretrizes para o relato de Resultados de Exploração Mineral, Recursos Minerais e Reservas Minerais no Brasil;
  • Estabelecer critérios e registrar os geocientistas, geólogos e engenheiros que atuam no setor mineral como Profissionais Qualificados Registrados;
  • Promover a consistência e melhoria dos padrões nacionais de relato dos Resultados da Exploração Mineral, Recursos Minerais e Reservas Minerais;
  • Manter reciprocidade internacional de Profissionais Qualificados Registrados por meio de Entidades Profissionais Registradas;
  • Promover o treinamento e a qualificação de pessoal visando o aprimoramento do processo de relato de Resultados de Exploração Mineral.

UM POUCO SOBRE A HISTÓRIA DA COMISSÃO

Primeiramente, em relação à sua história, é importante dizer que a CBRR foi estabelecida no ano de 2015, após uma aliança entre três associações de grande relevância do setor mineral do Brasil: a Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa Mineral (ABPM), a Agência para Desenvolvimento e Inovação do Setor Mineral Brasileiro (ADIMB) e o Instituto Brasileiro de Mineração. 

ESTATUTO SOCIAL DA COMISSÃO BRASILEIRA DE RECURSOS E RESERVAS - CBRR
Logo CBRR. Fonte: Reprodução.

No tocante a datas, 5 de maio de 2015 se configura como o dia em que a Comissão Brasileira de Recursos e Reservas assinou um memorando de entendimento com o Committee for Mineral Reserves International Reporting Standards (CRIRSCO), uma entidade internacional que busca promover relatórios de alto padrão de estimativas de depósitos minerais, o qual estabeleceu um procedimento para a aceitação formal da CBRR no CRIRSCO. E isto aconteceu formalmente no dia 30 de Novembro de 2015, outra data importante para a organização. Dessa forma, o Brasil se configurou como o nono país a ser Organização Representativa do CRIRSCO.

Ademais, foi possível inferir, por intermédio de uma estimativa feita, que através de seus três membros fundadores e seus associados, a CBRR representa mais de 90% do PIB do setor mineral brasileiro, o que engloba desde a fase inicial de exploração mineral até mineradoras multinacionais.

DE QUE MANEIRA ELA ATUA? 

Conforme dito no início, o seu foco está no estabelecimento, na promoção e no gerenciamento de esforços com a finalidade de fomentar e desenvolver o setor da mineração em solo brasileiro. Porém, as iniciativas tomadas para alcançar o objetivo envolvem a difusão de melhores práticas globais de engenharia e geologia, diretrizes para declaração de Resultados de Exploração, Recursos e Reservas Minerais de acordo com os padrões estabelecidos pelo Comitê de Reservas Minerais e Padrões Internacionais de Relato, gestão do processo de certificação e banco de dados de registro de Profissionais Qualificados Registrados no Brasil. 

Além disso, a Comissão Brasileira de Recursos e Reservas registra profissionais e, como parte do processo de registro, determina áreas de domínio de qualificação. O termo “Profissional Qualificado Registrado” é usado para se referir aos profissionais registrados nessas áreas. 

O QUE É O GUIA CBRR PARA DECLARAÇÃO DE RESULTADOS DE EXPLORAÇÃO, RECURSOS E RESERVAS MINERAIS?

Em resumo, o guia da CBRR descreve os critérios mínimos, bem como orientações para emissão de relatórios públicos no Brasil, acerca dos Resultados da Exploração, Recursos e Reservas Minerais. É essencial lembrar que os termos estão alinhados às definições padrões que foram revistas em novembro de 2013. Houve muitas iniciativas do CRIRSCO / CMMI, as quais resultaram em um progresso considerável de âmbito global que tem sido alcançado para adoção de padrões consistentes de relatórios.

Ainda falando sobre o guia, ele apresenta orientações e recomendações de Boas Práticas para a Declaração Pública de Resultados de Exploração, Recursos Minerais e Reservas Minerais. Assim, mostra-se evidente o comprometimento da organização em cumprir seu objetivo, uma vez que ela difunde e espalha conhecimento sobre o que se propõe. 


Esperamos que este artigo tenha sanado qualquer dúvida que você possa ter acerca do assunto. Mas, se ainda assim houver alguma pergunta a ser feita, deixe ela na seção de comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *