Mineração ilegal no Brasil: quais as consequências?

É um fato que a mineração é uma das principais atividades econômicas que mantém a civilização estabilizada. Mas, como nem tudo são flores, é importante dialogarmos sobre como a irresponsabilidade de algumas empresas/pessoas afeta e mancha a história desse setor. Venha com a Cristal e saiba mais sobre os prejuízos da mineração realizada de forma irregular.   

Contexto da Mineração no Brasil

Sabemos que boa parte da história do Brasil é ligada diretamente à mineração, o que trouxe várias consequências benéficas para o desenvolvimento da sociedade. Contudo, também foram causados vários prejuízos para o meio ambiente e para comunidades locais. E é sobre esta última parte que iremos dar um foco maior neste artigo. 

A mineração é, em si, uma atividade que causa diversas alterações nos ecossistemas, mesmo aquelas que são realizadas de forma correta perante a lei. Podemos citar algumas das consequências diretas: a degradação das paisagens, o desmatamento, a poluição e contaminação dos recursos hídricos e a compactação do solo. Estes problemas são recorrentes, mesmo quando há um licenciamento ambiental, um plano de fechamento de mina e outros requisitos  que visam  reduzir o impacto da exploração mineral em nosso país. 

Agora pare e reflita um pouco: se mesmo com todo esse aparato legal e mecanismos que buscam evitar danos causados pela mineração ainda existe tantos problemas associados em nosso setor, imagine em uma mineração que não cumpre com o que é estabelecido em lei? 

Por dentro da capital do garimpo ilegal de ouro da Amazônia | National  Geographic
Garimpo ilegal na Amazônia. Fonte: Reprodução.

Quais as consequências? E quem é responsável pela fiscalização? 

É importante associarmos a mineração ilegal com a exploração de minerais preciosos cujo valor comercial é elevado, já que a demanda dos mercados paralelos/clandestinos é mais voltada para a aquisição destes. Desde a descoberta de minerais no Brasil, a Coroa Portuguesa instaurou diversos órgãos reguladores, com o intuito de impedir extravios de mercadorias e extrações avulsas, sem muita preocupação com as consequências da atividade. 

No entanto, atualmente, vemos uma preocupação maior justamente nesse sentido, pois o planeta não mais tolera ações que vão de encontro ao funcionamento natural.  

Tá, mas quais prejuízos a mineração ilegal causa aqui em nosso país?  

Mercúrio de garimpo ilegal contamina índios, diz pesquisa
Utilização de Mercúrio no garimpo. Fonte: Reprodução.

Como citamos anteriormente, o principal problema é a falta de comprometimento com o meio ambiente e, além disso, as diversas invasões a áreas de preservação ambiental. Geralmente, acontece da seguinte forma: um grupo de garimpeiros chega à área em questão, desmata, remove a proteção do solo, processa o mineral, utilizando mercúrio e outras substâncias prejudiciais, e depois abandona a área degradada. Diferente do que pensamos, a garimpagem ilegal funciona com diversos maquinários modernos e investimentos de grandes empresários, o que amplia o poderio dessa nociva ação.  

A ocupação de territórios indígenas por garimpeiros também é um dos principais problemas da atividade, pois são lugares nunca explorados e onde há um potencial enorme de existência das pedras preciosas. Historicamente, os povos indígenas foram dizimados, passando da casa dos milhões para milhares, muito em função da necessidade de mão de obra escrava para a atividade mineradora. 

Está acontecendo agora? 

A resposta é sim. Infelizmente há diversas ocorrências de atividades ilegais acontecendo neste momento no Brasil, inclusive na Amazônia, que perde todo dia 1,5 milhões de arvores, por conta do garimpo ilegal que é plenamente difundido na floresta mais importante do mundo. 

Mineração na Amazônia bate recordes de desmate nos últimos dois anos e  avança sobre áreas de conservação | Natureza | G1
Desmatamento na Amazônia. Fonte: G1.

Podemos citar alguns casos, como a invasão ao Rio Madeira, no final de 2021, onde garimpeiros estavam equipados com centenas de dragas e balsas, com o objetivo de extrair o ouro existente no rio. Esse episódio chamou bastante atenção da mídia nacional e internacional e chocou pelo fato de a atividade ser realizada de forma escancarada, sem a atuação mais incisiva do Governo Federal. Além da poluição nas águas do rio, a ação do garimpo ilegal pode causar lesões nos órgãos de quem se alimenta por peixe contaminado, pois podem apresentar sintomas crônicos do minério no corpo.  

Greenpeace mostra invasão de garimpeiros no Rio Madeira – Hora Campinas
Invasão ao Rio Madeira. Fonte: Reprodução.

Outro caso que chamou bastante atenção da mídia foi o sumiço 24 pessoas na aldeia indígena Yanomami Aracaçá, região Waikás em Roraima. O caso ainda está em investigação, mas tudo indica que a ação da mineração ilegal na região tem influência direta no acontecimento. O desaparecimento tem suposta relação com a denúncia feita pelas lideranças indígenas do estupro e assassinato de uma indígena de 12 anos da comunidade e foi visto como uma forma de retaliação. Importante citar que a aldeia foi queimada, sem ficar sequer um rastro. 

Cadê os Yanomami?
Fonte: Reprodução.

Chegamos ao fim de mais um artigo onde discorremos um pouco sobre os impactos gerados pela mineração realizada de forma irregular no Brasil. Gostaríamos de saber qual sua opinião sobre o tema. Interaja conosco nos comentários e entre em contato para sanar possíveis dúvidas! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *